O Meu Partido Socialista, por Patrícia Valente

 

O Partido Socialista, partido este que recebe a minha admiração e dedicação, sob a forma de militância, baseia-se, de um modo generalista, em três grandes pedras basilares, nas quais, arrisco dizer, assentam igualmente a Democracia. São elas a Liberdade, a Igualdade, e a Fraternidade.

 

O Meu Partido Socialista, o nosso, vosso, o de todos nós Portugueses, militantes ou não, como uma das maiores forças políticas e ideológicas portuguesas capazes de promover uma mudança de rumo, atravessou e atravessa tempos que não diferem substancialmente do panorama geral do país em que vivemos, bem como do resto da Europa em que nos encontramos inseridos.

 

Vivemos uma crise económica e uma crise de valores. Dentro e fora do Partido. Após a liderança carismática de José Sócrates, no Partido Socialista, bem como no País, no cargo de Primeiro-ministro, o PS enfrentou uma fase de destabilização própria das duas rupturas fulcrais que sofreu – A mudança de líder seguida de todas as metamorfoses, principalmente a nível interno, que tal acarretou; e a passagem de Governo, a Oposição.

 

O Meu Partido Socialista, formado não só pelos ideais que o caracterizam, mas também pelas pessoas que, em determinado momento, o constituem e em si os carregam, revelou a sua face social, democrática e humanista, aquando a sua posição privilegiada como Governo, da melhor forma possível e sem se desvirtuar, dentro do que as circunstâncias adversas o permitiram.

 

Agora, e mais uma vez, é pedido ao Partido Socialista que se reinvente. Que saiba manter a sua matriz socialista democrática intacta, mas adaptada aos novos desafios que se apresentam. É pedido que este seja novamente motor da transformação que terá de começar, rumo à Esquerda, não só dentro do partido, mas dentro de cada militante, para que se rompa com as crescentes políticas económicas de direita e “além FMI” que o actual governo quer, forçosa e irresponsavelmente, de um ponto de vista social, impor. Não só em Portugal, mas por toda a Europa. É pedido ao PS que ganhe uma nova garra e um novo ímpeto e que seja o lembrete da responsabilidade social enquanto Oposição, que a actual coligação governativa ignora ou desconhece. O Partido Socialista, como oposição, actualmente liderado por António José Seguro, terá que garantir que os direitos humanos, tal como os deveres, sejam aplicados e equilibrados de forma justa e humanitária, tal como é o socialismo democrático em que acredito e com que trabalho, lado a lado, para a construção de uma sociedade melhor, mais equilibrada, saudável e igualitária, mas acima de tudo justa e democrática, vanguardista no que precisa ainda de aprender e aperfeiçoar, e tradicional no que necessita ser preservado.

 

Ao meu Partido Socialista, a todos e a cada um de nós que o constituem, através dos pontos em que a nossa ideologia converge, até às particularidades da nossa singularidade, do militante ao indivíduo do mesmo partido, fica a mensagem de coragem para atravessar o período de Oposição até que, tenho a esperança, tornemos a assumir a liderança do Governo, para que sejamos a âncora que não permite que as responsabilidades sociais fiquem à deriva e que trabalhemos para aguentar e ultrapassar os tempos negros, a nível económico e social, que vivemos, até que a Aurora desponte, dispersando as trevas de uma governação medíocre, para uma nova oportunidade de, pelas mãos do PS, se construir um país mais solidário, sustentável, justo e qualificado, em suma, um país mais e melhor, que reconheça o verdadeiro sentido da liberdade que conquistou, da fraternidade que une cada cidadão e da igualdade merecida no que toca às oportunidades disponíveis, para todos, sem excepção.

 

______________________________________________________________

Da série de artigos “O Meu PS”, escritos por amigos, militantes da Juventude Socialista e/ou do Partido Socialista, que acederam ao nosso convite para reflectirem sobre o presente e futuro do PS.

Patrícia Valente é militante da Juventude Socialista e do Partido Socialista de Gondomar.

Advertisements